Safartêxtil aumenta produção e cria novos postos de trabalho

0

Requalificação de acesso à zona industrial concluída

O presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, visitou esta terça-feira a empresa Safartêxtil, localizada na freguesia de Vila Nova do Campo. Dedicada ao fabrico de artigos em felpo para o lar, a empresa pretende criar entre 20 e 25 postos de trabalho, já no próximo ano, e aumentar as exportações. Joaquim Couto aproveitou a visita para assinalar a conclusão da requalificação da Rua Manuel de Sousa Oliveira, que serve a zona industrial envolvente.

“A minha visita insere-se no INVEST Santo Tirso, ou seja, no âmbito do contacto com os empresários, e com o objetivo de auscultar as condições empresariais existentes em Santo Tirso. Enquanto Câmara Municipal, esta proximidade ajuda-nos a estimular o investimento e o emprego. Ficamos sempre orgulhosos com exemplos positivos como o que temos aqui”, declarou o presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, aos jornalistas.

A Safartêxtil é mais um caso de sucesso empresarial em Santo Tirso. Dedicada à fabricação de artigos em felpo para o lar, a empresa pretende investir e criar novos postos de trabalho no município, já em 2018.

A empresa, sedeada em Vila Nova do Campo, exporta cerca de 20 por cento para países como Espanha, Inglaterra e França, e conta, atualmente, com cerca de 60 trabalhadores. Um número que, segundo o diretor da Safartêxtil, João Vaz, será aumentado no primeiro trimestre de 2018: “Neste momento, estamos a apostar num investimento que envolve a atualização do nosso parque de máquinas, com vista a aumentar a produção a partir de 2018, dando maior resposta aos nossos clientes e aumentando a exportação. No primeiro trimestre do próximo ano, vamos criar 15 novos postos de trabalho e até ao fim de 2018 entre os 20 e 25”.

Após a visita, Joaquim Couto assinalou ainda a conclusão das obras de requalificação da Rua Manuel de Sousa Oliveira, que serve a zona industrial onde está localizada a Safartêxtil e outras empresas. Um investimento da Câmara de Santo Tirso no valor de 150 mil euros.

“Esta é uma obra com uma consequência social e empresarial de grande importância para a comunidade onde se insere, porque melhora e dignifica os acessos a este parque industrial. Estamos empenhados em modificar as condições de acesso às áreas empresariais, quer para os trabalhadores quer para os empresários”, explicou o autarca.

João Vaz também destacou a importância desta obra: “Só em termos de mobilidade para os nossos fornecedores, esta requalificação é muito importante, porque nos possibilita, por exemplo, a entrada de camiões TIR na empresa. E, claro, para nós, faz com que seja muito mais rápido fazer essa carga e descarga de matérias-primas”.

Share.

Leave A Reply