Rodrigues o matador + mais 5 na conta pessoal (CD Aves Juniores)

0

C D AVES    8  –   1   AMIGOS DE URGESES (Juniores)

Jogo no Estádio do C D Aves

ARBITRO – Fernando Monteiro

C D AVES – Brandão, Litos, Vítor Diogo, Gouveia, Luigi (Leite), Lopes, Ivo, Rui Jorge, Jorge (Bernardo), Rodrigues, Francisco (Armindo).

AMIGOS DE URGESES – Galo, Fábio, Rogério, Conhé, Neiva (Silva), Alex, pedro (Dédé), Diogo, Boavida, Pinho (Vilaça),Moca.

GOLOS – Rodrigues 22, 30, 50, 65,80, 90+1 – Rui Jorge 57 – Jorge 62 –  Ivo 65  –   Diogo 48

jogada

Depois de uma amarga derrota em Famalicão por 3 – 2, a primeira da temporada, apesar dos fatos que se passaram ao longo deste jogo, num dia de autêntico inverno. Este fato levou o desportivo a cair na tabela, de forma injusta.

Hoje, os juniores avenses tiveram o privilégio, de defrontar os Amigos de Urgeses no estádio. Apesar dos forasteiros contarem apenas um ponto na tabela, conseguiram impedir o ataque avense apenas até aos 22 minutos, altura em que Rodrigues abriu o livro, e à saída de Galo não perdoou abrindo o marcador para os da casa 1 – 0.

Aos 30 minutos, mais uma vez Rodrigues, na sequência de uma estupenda jogada individual, ampliou a vantagem para 2 – 0, resultado que levou as equipas para intervalo.

Na segunda parte, os Amigos de Urgeses entraram praticamente a marcar, pois, aos 48 minutos através de um lançamento lateral, instalou-se a confusão na área e Diogo reduziu a desvantagem 2 – 1 para os forasteiros. Aos 50 minutos mais uma vez Rodrigues, acreditou e marcou mais um golo para a sua conta pessoal, confirmando-se como o principal disiquilibrador da equipa avense. Diria mesmo, este é um atleta a segurar, principalmente a merecer a atenção que a sua qualidade merece, quem sabe, ter uma oportunidade na equipa sénior, tal é o sentido de baliza e faro de golo do jovem avançado, recrutado pelo C D Aves.

Aos 57 minutos, Rui Jorge deu a melhor sequencia a uma triangulação com o inevitável Rodrigues, que lhe endossou a bola para o 4 – 1 do C D Aves. Aos 62 minutos, perante uma equipa completamente à deriva, foi a vez de Jorge ampliar a vantagem para 6 – 1. Aos 80 minutos, Rui Jorge com um forte remate à entrada da área, não deu hipóteses a Galo de evitar o 7 – 1 para os avenses.

baliza

Já em período de descontos, mais uma vez Rodrigues o matador, isolado com apenas Galo pela frente ampliou a vantagem para um expressivo 8 – 1, resultado que espelha bem o desequilíbrio existente, mas, principalmente o fato de o C D Aves ter sido apenas derrotado uma vez em Famalicão, nas circunstâncias que foi, por isso, o C D Aves começa a ser um caso sério na série A da 2ª divisão nacional.

 

Classificação 2ª DIVISÃO NACIONAL – JUNIORES  A

P

J

V

E

D

GM

GS

DG

1 Fafe 14 6 4 2 0 17 8 +9
2 C D. Aves 13 6 4 1 1 16 7 +9
3 Freamunde 12 6 4 0 2 11 5 +6
4 Gil Vicente 12 6 3 3 0 13 7 +6
5 Famalicão 10 6 3 1 2 14 16 -2
6 Trofense 9 6 3 0 3 13 7 +6
7 Vitorino de Piães 6 6 2 0 4 7 12 -5
8 Vianense 5 6 1 2 3 11 14 -3
9 Merelinense 2 6 0 2 4 5 14 -9
10 Amigos de Urgeses 1 6 0 1 5 10 27 -17
Share.

Comments are closed.